Postagens mais visitadas

terça-feira, 11 de julho de 2017

PICO AGULHAS NEGRAS E MACIÇO DAS PRATELEIRAS - PARQUE NACIONAL DE ITATIAIA

No último dia 08 de Julho, mais uma aventura Na Trilha Certa, juntamente com Ecopix para uma experiência inesquecível : Pico Agulhas Negras no Parque Nacional de Itatiaia.






O pico das Agulhas Negras está localizado na parte alta do Parque Nacional de Itatiaia, no maciço de mesmo nome, parte da serra da Mantiqueira, entre o município mineiro de Bocaina de Minas e  os municípios fluminenses de Itatiaia e Resende.
O acesso ao pico das Agulhas Negras é feito pela rodovia BR-354, que liga a Via Dutra no município de Resende (Rio de Janeiro) à cidade de Itamonte (Minas Gerais), através de um passo de montanha denominado Garganta do Registro. No alto do passo, do lado mineiro, poucos metros após a divisa, começa a rodovia BR-485, que leva à parte alta do Parque Nacional de Itatiaia. No trajeto, a BR-485 atinge a altitude de 2460 m, a maior de uma rodovia federal no Brasil (partindo desse ponto, uma estrada vicinal de acesso a uma torre de telecomunicações é ainda mais alta). Apenas os primeiros quilômetros da BR-485 são asfaltados. A rodovia leva até o Abrigo Rebouças, onde começa a trilha que leva à escalada do pico.



A flora da região apresenta plantas tanto de florestas tropicais quanto de temperadas, como a conífera Araucaria angustifolia (pinheiro-do-paraná ou pinheiro-nacional). Acima dos dois mil metros de altitude, a paisagem é convertida de florestas para campos de altitude, vegetação semelhante à de regiões de latitudes médio-altas.
Do cume do pico das Agulhas Negras é possível avistar vários pontos da região, como o morro do Couto, a segunda montanha mais alta do parque. Também podem ser avistadas a Represa do Funil, a serra Fina, a região de Visconde de Mauá, a vasta região do Vale do Paraíba, onde estão localizadas as cidades do eixo mais populoso do Brasil, o eixo Rio-São Paulo, e o rio Paraíba, do qual origina o nome do vale.

A região é muito procurada por turistas que buscam hospedar-se nos hotéis-fazenda próximos ao parque nos meses de inverno e por aventureiros que se instalam em acampamentos próximos ao pico para a prática de esportes radicais como o alpinismo, o trekking e o rapel, naquilo que é conhecido como turismo de aventura.
E foi neste cenário incrível que passamos um fim de semana inesquecível.
Nossa aventura já começou na noite de sexta- feira (07/07) onde embarcamos de Van para Itamonte, cidade mais proxima do Parque Nacional de Itatiaia.
Toda a programação foi realizada pela empresa Ecopix Trekking & Hikking, onde Roger Pixixo o proprietário, montou uma programação onde atendesse todos os gostos.
Nossos aventureiros muito animados, partimos então ao nosso destino.
 Sophia, Dayana, Eli, Bruna, Thais, Mariana, Luciano, Alysson, Rafael, Ana Virgínia, Joe, Raquel, Wenderson e Luiz, foram os integrantes deste grupo que só fez bonito e com certeza jamais esquecerão cada momento vivido nestes dois dias de pura adrenalina.



Passamos a noite toda viajando e chegamos ao parque às 6h da manhã. 
Todos estavam bem animados para começar nossa aventura e nem o frio de 5°C desanimou. 
Todos bem agasalhados e preparados, lá fomos nós!




Muito importante agendar com um guia credenciado do parque e comprar as entradas com antecedência, pois existe um limite permitido aos visitantes.


Um guia também é obrigatório neste tipo de subida ao Pico e nosso guia Jonatas, não nos decepcionou.

Aí está nosso destino à esquerda...Uauauauauauauauuuuuu...


O tempo estava ensolarado e parecia que ia esquentar, mas nem tanto. seguimos felizes curtindo a flora local, maravilhados a cada metro em direção ao pico Agulhas Negras.

























À medida que avançávamos, as dificuldades começaram a dar a graça.
As subidas começaram a virar escalaminhadas que cada vez se intensificaram aumentando os desafios.









cordas e cadeirinhas foram usadas para subir em locais onde as pernas não alcançavam











































































 Finalmente a chegada ao topo e a alegria estampada em cada rosto simbolizando a satisfação de superar todos os limites físicos e psicológicos para estar ali em cima...onde os poucos que chegam são considerados heróis!































Nossa descida foi tensa mas correu tudo bem graças a Deus.
Com meta cumprida, era hora de partir para o Hostel, jantar e dormir. 
No outro dia, novas aventuras nos esperava de volta ao Parque do Itatiaia.
No dia seguinte, nos dividimos em dois grupo. 
Destino: Maciço das Prateleiras
Uma parte iria subir ao topo mais alto das Prateleiras, enquanto o outro iria curtir as partes baixas do parque e subir até à base das prateleiras. 
E assim começou nosso ultimo dia no Parque do Itatiaia, com um delicioso café da manhã, preparado por nosso guia topíssimo Jonatas.









 O parque apresenta a 3 km aproximadamente de caminhada adentro, um ponto de apoio com banheiros, pias e ponto de água limpa, onde pode-se acampar e parar para um lanche e descanso.



 A parte baixa em direção às prateleiras e feito por uma estrada plana, onde podemos curtir o visual com tranquilidade.













Ao fundo a famosa e mais cobiçada Travessia da Serra Fina....quem sabe nossa próxima aventura. Uauauuuauauu



































Pedra da Maça

Pedra da Tartaruga







Hora de descansar e curtir um pouco do quentinho do Sol.




















As formações na prateleiras são mesmo impressionantes





E assim nos despedimos deste dia que com certeza marcou a história de cada pessoa deste grupo.
Agradeço a cada mão amiga ofertada nos momentos mais difíceis desta subida maravilhosa. 
Ao nosso guia Jônatas, que com experiência se desdobrou ajudando cada pessoa, sem em momento algum nos apressar ou afobar para chegarmos rápido. Sua paciência foi de impressionar. Foi 10. 
E com certeza sei que vai sentir muitas saudades deste grupo....rs

Ao nosso organizador que com certeza desdobrou para que tudo fosse perfeito e assim aconteceu: Ecopix Trekking
Agradeço a Roger ´Pixixo, Dayana, Eli, Joe e nosso motorista que nos conduziu com segurança.

Na Trilha Certa sempre presente em momentos que te leve ao prazer e maravilhas da natureza, onde só com muita determinação e vontade é capaz de sentir.

ATÉ A PRÓXIMA AVENTURA!!


Nenhum comentário:

Postar um comentário